segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

FINAL DE FÉRIAS

E foi-se o menino
Depois das férias
Foram dois meses de convívio

Dividindo a minha cama

Foi embora num domingo
No crepúsculo do horário de verão
Sete e meia marcava o relógio
Quando a bênção (ele, menino) me tomou

A casa agora vazia
O ano letivo começou
As férias se acabaram
A saudade é o que restou

Acostumada à sua presença
Três horas e meia depois, eu ligo
Ele atende e diz: - Oi Vó Nane
Eu respondo: Oi meu amor!

To morrendo de saudades
Ele, com toda a sua sinceridade:
- Mas já?

Eu acabei de chegar...

Explico como posso:
É que vou dormir sozinha
Depois de tanto tempo

Vou  sentir a sua falta

Ele simplifica:
Dorme com meu pai
Eu insisto:
Não ta com saudades da vovó?

Direto e sincero, ele diz:
Não, ainda não

Me aborreço e me despeço
Vou deitar  e sozinha...dormir

*Aff

(Nane-05/02/2018)